terça-feira, 12 de abril de 2011

Testemunho de Thallyta Ferreira.

 AH! Minha vida não seria a mesma, eu não teria felicidade, talvez até minha saúde, por isso irei contar meu testemunho.
      Bem, eu Thallyta Ferreira, nasci no [berço evangélico], ou seja, sempre fui evangélica, nasci com a saúde perfeita, com tudo em ordem como uma mãe sempre deseja que seu filho nasça.


      Mas ao crescer, quando eu tinha 5 anos o diabo colocou uma enfermidade sobre minha vida para nos atormentar, minhas pernas ficaram travadas sem ao menos ter motivos pra isso, elas doíam muito então eu não aguentava andar. Meus pais me levaram para o médico e ali fiz vários exames, por várias vezes, até que encontram a solução. Para os Médicos eu não tinha mais jeito, para eles eu perderia minhas pernas, eu ficaria em uma cadeira de rodas para o resto de minha vida, então receitou por um tempo um remédio para aliviar a dor enquanto minha mãe voltasse comigo para resolver sobre a operação. Me desesperaram, pensei que iriam cortar minhas pernas. E jamais voltar a andar.    Mas espera aí! Eu não nasci no meio de um povo que louva e exalta o ser mais supremo? Não servimos a um Deus que cura? Ele não é aquele que me deu as pernas? iria perder pra satanás? De jeito nenhum.
    Minha mãe e meu pai com muita fé, fizeram uma campanha consigo mesmo, no qual entregou minha vida nas mãos de Deus, e disse para ele que não iriam me fazer tomar o segundo vidro de remédio, pois ele iria me curar antes, e foram orando...
     Então foi isso que aconteceu, Deus me curou, eu não tomei o segundo vidro de remédio, nem ao menos precisaram amputar as minhas pernas, hoje agradeço a Deus por minha vida, agradeço grandemente por eu poder andar, por poder falar, ouvir, enxergar, por eu poder louvar o nome dele, por eu poder pular, coisa que se ele não estivesse em nossas vidas, hoje eu não poderia fazer isso.
  


     Mas Deus está com aquele que tem fé, meus pais tiveram fé, depositaram suas confianças no nosso Deus, por isso ele nos ajudou a vencer essa luta. Deus pode curar você também, não só fisicamente, mas espiritualmente, basta você ter fé, creia em Deus. E não esqueça de agradecer a ele por tudo o que ele te fez.

@_thally_tlg

5 comentários:

  1. Amiga seu testemunho é bem forte,e creio que tudo isso em sua vida aconteceu para que hoje você pudesse ganhar muitas almas atraves de seu testemunho.Quando Deus escolhe alguém,o melhor é obedecer e vejo que você sempre leva uma vida de obediência a Deus,isso faz a diferença em sua vida.Continue assim,essa menina abençoada que sempre ajuda aqueles que precisam!
    Eu te amo muito,fique com Deus e tenha um ótimo dia!

    ResponderExcluir
  2. Ola querido(a) estou passando para avisar que a partir desta semana estarei visitando somente os blogs cadastrados la no meu blog Deus em Mim,portanto se desejas que eu esteja presente todos os dias no seu cantinho,esteja se alistando em forma de comentário na pagina que fiz especialmente para isto.Vá ate o Deus em Mim e então verá como faze-lo ok.Bj e fique na Paz do Senhor!Prometo estar mais presente.
    Ah se você já se alistou desconsidere este recado por favor!
    Daiane
    http://daiane-deusemmim.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. quando passamos pelo deserto há momentos que fica difícil e parece que não iremos suportar e vem uma dor muito grande e desespero tb aí nos quebrantamos diante Dele e Ele nos dá força. mas para que isso acontece é preciso ter fé é preciso confiar Naquele que você crê, que Deus abençoe sua vida

    ResponderExcluir
  4. Menina, que testemunho lindo da Graça de Deus.
    A Ele a glória, Sê tu uma bênção!
    Paz!

    ResponderExcluir
  5. Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
    Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita
    Ficarei radiante se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais, saiba que sempre retribuo seguido também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
    Sou António Batalha.

    ResponderExcluir